Case Oncoclínicas: Ações midiáticas que promovem conscientização

Recentemente fizemos parte da ação nacional de conscientização dos riscos do sedentarismo. Com a hashtag Mais Saúde Num Pulo, a campanha fez parte do Dia Mundial de Combate ao Câncer, comemorado no último dia 08 de abril. A ação midiática impactou positivamente milhares de pessoas por meio da conscientização da alta incidência do câncer e a sua relação com hábitos não saudáveis e sedentarismo.

Para que a ação atingisse os resultados esperados, é de ciência da organização que o trabalho fosse operacionalizado por uma equipe multidisciplinar. Atentando-se a todas as peças que fazem a roda girar, um profissional que desempenha papel importante dentro desta engrenagem é o de Relações Públicas, responsável por abrir uma frente de comunicação muito grande entre as mídias e seus públicos.

E o mercado de RP é bastante amplo. Para esta campanha, por exemplo, houve um planejamento de ações midiáticas. Utilizamos diversas ferramentas de divulgação como press releases, convites de cobertura, além do importante relacionamento com os influenciadores digitais e os jornalistas da grande imprensa. A partir da estratégia estabelecida (envolvendo o trabalho direto do marketing e de todas as assessorias de imprensa regionais do Grupo Oncoclínicas), os resultados foram animadores:

Jornal do SBT entrevistou o Dr. Daniel Gimenes, oncologista do CPO, sobre o Dia Mundial de Combate ao Câncer

Apesar de termos conquistado um espaço muito importante na comunicação do século 21, ainda mais quando se pensa na vinda do digital como importante ferramenta de disseminação de conteúdos, é interessante destacar que já éramos lembrados no início da década de 1980 pela Aberp – Associação Brasileira das Empresas de Relações Públicas. “Em um momento de crise, como a nossa, relações públicas é uma alternativa para maximizar o retorno dos investimentos em comunicação. A mobilização de públicos multiplicadores, em benefício da empresa, ou de um produto, é de um custo bem mais baixo do que concentrar toda a verba numa campanha publicitária. Todo o arsenal de relações públicas pode muito bem ser colocado a serviço do marketing comercial, somando positivamente dentro da área de comunicação”.

Ouça nossos podcasts no Spotify

Ir para o Spotify
  • Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos no seu e-mail: